23.10.13


Setembro, que já lá vai, foi mês de festa. A pequena fez sete (7!!) anos. Não me vou pôr aqui com coisas de como o tempo passa, de como nem damos por ele, blá, blá, blá.. acredito em ciclos. Estes sete anos tiveram tanto de maravilhosos como de terríveis. E agradeço cada um deles, cada lição que a vida me deu, cada tropeço, cada alegria, cada lágrima, cada tristeza, cada sorriso. Cresci imenso. Com ela, principalmente. A menina que fez de mim uma mãe, que cresceu nos seus medos e nas suas dúvidas e incertezas, mas também nas suas alegrias e recompensas. Hoje sou muito melhor, mesmo com todos os meus defeitos, do que era há sete anos atrás.
As festas que prometo para os anos que se seguem só se pautam pela alegria. Espero que este novo ciclo seja mais brando, mais pacifico, meiguinho para mim. Se mesmo assim, não puder ser, estou preparada. Para o que der e vier. Porque tal como os balões, só temos forma enquanto temos ar. E eu estou viva e dou graças por isso. =)