Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2007

Dar as mãos..

.. e ir em frente.

Mantém-te Firme.

Não me resta nada, sinto não ter forças para lutar
É como morrer de sede no meio do mar e afogar
Sinto-me isolado com tanta gente á minha volta
Vocês não ouvem o grito da minha revolta
Choro a rir, isto é mais forte do que pensei
Por dentro sou um mendigo que aparenta ser um rei
Não sei do que fujo, a esperança pouca me resta
É triste ser tão novo e já achar que a vida não presta
As pernas tremem, o tempo passa, sinto cansaço
O vento sopra, ao espelho vejo o fracasso
O dia amanhece, algo me diz para ter cuidado
Vagueio sem destino nem sei se estou acordado
O sorriso escasseia, hoje a tristeza é rainha
Não sei a alma existe mas sei que alguém feriu a minha
Ás vezes penso se algum dia serei feliz
Enquanto oiço uma voz dentro de mim que diz..

Mantém-te firme
Quando pensares que não consegues lutar
Que o mundo vai acabar
Ouve a voz dentro de ti
Mantém-te firme
Não te esqueças podes sempre escolher
Ninguém te pode vencer
Usa a força dentro de ti

Não há dia que não pergunte a Deus porquê é que nasci
Eu não pedi, al…

Gosto de joias simples.

E esta ficava-me lindamente no pulso.

Havia de me tocar o euromilhões..

.. e eu era uma mulher mais feliz. Ou fazia os outros mais felizes.
Comprava já um carro maior pra levar as tralhas todas da filhota.
Ia de férias durante 6 meses prá Rep.Dominicana.. isso é que era!
Pagava a casa, as contas, tudo e tudo.. e gastava numa teca de coisas iguais (ou melhores!).
Tornava-me já uma dondoca com direito a empregada e a mordomo.. comprava um T100 no Mónaco, ia às compras pra Milão (que é muito mais 'in' que o Forum Algarve).
A minha filhota havia de usar fraldas com diamantes.. o meu mais-que-tudo comprava a gama toda da Honda.. enfim..
Sonhar de vez em quando, não faz mal nenhum...

Take One

Vaidade

Sonho que sou a Poetisa eleita,
Aquela que diz tudo e tudo sabe,
Que tem a inspiração pura e perfeita,
Que reúne num verso a imensidade!

Sonho que um verso meu tem claridade
Para encher o mundo! E que deleita
Mesmo aqueles que morrem de saudade!
Mesmo os de alma profunda e insatisfeita!

Sonho que sou Alguém cá neste mundo...
Aquela de saber vasto e profundo,
Aos pés de quem a Terra anda curvada!

E quando mais no céu eu vou sonhando,
E quando mais no alto ando voando,
Acordo do meu sonho... E não sou nada!...

Florbela Espanca

Sentido de Oportunidade

Parte 1



... as chaves que abrem a primeira página.