28.11.11

50 anos.

A minha tia que, neste preciso momento está de papo pró ar em Cabo Verde, faz hoje 50 anos. Caramba! Cinquenta. Eu que nem com trinta me via - y aqui estoy! - não imaginava a hora de aquela mulher com metro e meio e mais genica no sangue que uma gaiata de quinze, chegasse ao meio século. Dito assim, parece uma catrefada de anos, imaginamos uma pessoa com lenço na cabeça e avental, rugas na cara e nas mãos. Mas não. A minha tia é moça para dançar uma noite inteira na Kadoc. E aos 50 bem vividos consegue sempre dar a volta por cima, porque não é rapariga de baixar os braços. E é isto: admiro-a e amo-a com toda a força que este corpinho tem.

1 comentário:

ombemua disse...

Parabéns a tia da Rita!
Pelo meio século :o)
E ainda bem que a tia da Rita sabe viver a vida, com genica e vontade de sorrir.
Tenho a certeza que vai voltar daquela ilha salgada muito mais jovem :o)))

Baci*