10.10.09

E aproxima-se o dia.

Dia quinze de Outubro faço 4 anos de casada. E como até nem sou nada pedinchona, aqui ficam alguns desejos. É só para o caso de, sei lá, por coincidência, passar aqui alguém que também faça 4 anos de casado nesse dia. Só assim de passagem, não sei, alguém que, por coincidência, também more aqui em casa.. é só por isso..


Que eu acho que o meu maravilhoso dedo anelar da mão esquerda ia adorar ter como inquilino este solitário da Esprit, que pode ser comprado aqui e que até nem é assim nenhuma fortuna.. e é giro que se farta.



Ou então esta linda máquina fotográfica, que nós já andamos a namorar e que pode fazer um brilharete em Roma.. e que pode ser comprada aqui. Pronto.. é uma prenda um bocadinho mais cara, mas vá, é um investimento, não?


E umas flores não faziam mal nenhum e era um gesto bonito e romântico, ainda para mais que é tempo das rosas de Santa Teresinha que eu tanto gosto e que enfeitaram o meu vestido, há quatro anos atrás..


E, pronto, não sei, se por acaso alguém passar por aqui, assim como não quer a coisa, que por coincidência me tenha dado o seu apelido, já sabe.. um almocinho simpático nesse dia ia ser maravilhoso. Uma vez que a maior prenda será Roma. E por isso, já estou muito agradecida. E pedir não custa, verdade?

1 comentário:

VSkin disse...

Então e assim como quem não quer a coisa, qual será o tamanho do seu fantástico dedo? E esse tamanho é pra servir agora e não no futuro, ou investe-se num tamanho maior para acompanhar o 'crescimento' desejado?

Beijos... como quem não quer a coisa!