10.12.13

Temos tanta coisa por viver, tanta coisa para sorrir. Temos tanta vida pela frente, que é quase uma pena passar por ela como se estivéssemos num baile sem música.
Sem arrependimentos, sem amarras, fazemos o nosso caminho com as pedras que vamos encontrando. Há primeiros-dias para tudo nesta caminhada.
Escreve uma carta aos teus fantasmas, deixa-os partir. Sê tu também livre e vive este dia como se fosse o primeiro. Já chega de tapares o teu sol com as nuvens que pairam sobre a tua cabeça. Vive.

Sem comentários: