18.11.13

Está frio. {i hate this}

Para o comum do mortal, existem 4 estações do ano. Para mim, não. O assunto climatérico, para mim, resume-se a isto: dias bons; está um calor que não se pode; dias bons que a chuva ou o vento (ou ambos) estragam tudo; xiça, que está um frio que me gela a alma. E o xiça, que está um frio que me gela a alma chegou aqui a este cantinho onde escolhi morar.
E se há coisa que eu detesto, é isto. Para mim (que sou de extremos numas coisas, mas nestas nem por isso) o frio (não há cá muito ou pouco. é frio, ponto.) e o calor (idem) não me agradam em demasia. Sou uma pessoa amena, temperada, assim como os dias de Junho e os dias de Setembro. Sem muita roupa ou sem vontade de despir a pele. Qualquer coisa abaixo dos 18º, para mim é polar. E não adianta virem com coisas do exagero, e do havias de morar no norte, que para mim entra a 100 e puf. Se eu gostasse do frio, tinha fugido do Algarve. Se eu tolerasse graus negativos, emigrava para a Islândia. Se o calor do sol não fosse tão importante, lá nas calotas polares (suécias, noruegas e afins) a taxa de suicídio não era tão elevada.
Contudo, gosto de ver paisagens de inverno, aprecio um belo campo coberto de neve. Tudo muito lindo. Mas é coisa para me durar uns 20 minutos, vá uma meia-hora. Depois ninguém me aguenta, porque eu não me calo enquanto não entrar num abrigo quentinho, com isolamento térmico e uma bebida quente.
É isto. Sou moça para andar por uns tempo, de hoje em diante, a reclamar bastante. Da chuva, do frio, do vento e dos pés gelados.

Sem comentários: