25.5.13

Life is wonderful

Primeiro estranhas. Depois, entranhas. Não há muita coisa, nesta vida, a que não te acostumas. A saudade, o desapontamento, a angustia ou a tristeza, o medo, tudo se cola à tua pele como se fosse teu desde a nascença. Somos muito mais do que pensamos, aguentamos muito mais do que imaginamos e conseguimos contornar as situações. Mesmo sem querermos. 
Há dias, dei por mim, zangada e desiludida. Tive vontade de me esbofetear. Quantas vezes já passei por isto? Quantas vezes já estive nesta situação? Será que nunca aprendi nada? Aprendi, claro.. Que continuo a mesma otária de sempre, que não há volta a dar, que esta cabeça não aprende.
Por isso digo: está-nos na pele, gravado, como tatuagem. Somos o que somos e aguentamos muito mais do que imaginamos. As memórias, os medos, a saudade.. Tudo isso se cola à nossa pele e faz parte do nosso ser. Quando nos "encontramos", estranhamos. Depois, aprendemos a viver connosco próprios.
E, no fundo, a vida é maravilhosa.

2 comentários:

aNa Martins disse...

OH ritinha, este post até podia ser meu.. ando numa fase de estranhar, mas lá tenho de me aguentar porque afinal isto é bonito hein?
tens razão...

um beijinho e boa semanaaaaaaaaaaaa

aNa Martins disse...

OH ritinha, este post até podia ser meu.. ando numa fase de estranhar, mas lá tenho de me aguentar porque afinal isto é bonito hein?
tens razão...

um beijinho e boa semanaaaaaaaaaaaa