7.12.12

Confirma-se.

A minha filha é tão inocente, que até assusta. Mas ainda me assusta mais que, uma pirralha de seis anos, consiga engendrar desculpas mirabolantes para enganar a minha. Surreal e, no mínimo, cómico.

Sem comentários: