10.7.12

Quem diz o que quer, habilita-se..

.. a ouvir o que não gosta. Certo?
Há dias, a propósito de um telefonema que recebi, comecei por ouvir umas bocas assim para o fatelas. Ainda ponderei por uns segundos se valia a pena a resposta. E sim, valia. E não fui de modas. Do outro lado da linha, a pessoa que, de vez em quando, gosta de mandar umas coisitas boca-a-fora, só porque sim, começou a ouvir as verdades. Coisas como "o menino ainda vai nascer no dia de anos do avô'' (o meu pai faz anos no dia 12..), soaram-me a gozo. Mas qual avô? Nem da minha filha que faz seis anos, ele foi avô, vai ser do pequeno que nem ainda veio ao mundo? Poderá ser avô, só pela genealogia.. pelo interesse, pelo carinho, pelo amor, pela dedicação, pela atenção, pelo mimo, por vontade, não me parece que algum dia o seja.
«Não digas isso, porque tu és mãe..» .. pois sou. E não creio, que alguma vez na minha vida, vá dizer a qualquer dos meus filhos, as coisas que eu nunca imaginei ouvir da boca de um pai, enquanto filha.

3 comentários:

Margarida C. disse...

Situações complicadas!
Não deixas que te perturbem querida!
Beijinho

Ombemua - Saoirse disse...

A vida tem destas coisas.
Mas sabes as pessoas é que a fazem assim.
Sao eles que escolhem tornar tudo complicado, sao eles que escolhem por-se de parte.
Enfim...

Uma beijoca gigante "minha" doce mummy.

Sim!
Quem diz o que quer ouve o que nao quer....

aNaMartins disse...

eu tenho exemplos desses na família e são sempre situações delicadas, mas a minha família até pode ter imensos membros mas eu só conto com meia dúzia deles, aqueles que me acompanharam o meu crescimento e por isso há pessoas que se chocam o porquê de não convidar este ou aquele tio. Há pessoas de família que não sinto nada.
:) beijinho Rita