24.5.12

set your spirit free


Mais do que libertarmos a mente e o espírito, temos de saber contornar as linhas ténues que definem a nossa essência. Somos feitos de tanto e de nada ao mesmo tempo. Os pequenos prazeres são aqueles que mais nos enchem o ego, embora pequenos nos pareçam. Não há dias de tempestade que não se transformem em sol radiante. E o pequeno gesto de querer vencer, supera qualquer obstáculo que nos apareça. A vontade de vingar, de traçar num risco bem definido o nosso papel no mundo, dá-nos asas para voar. Basta querer. Estou nesse caminho, a pouco e pouco descubro que o meu espírito livre inunda de amor o meu coração. E estou mais disponível para amar e para perdoar. E o meu ser engrandece. Sou grata pelo que tenho, pelo que conquistei. Mas também pelas derrotas que me ensinaram a ser mais forte e mais determinada neste caminho. Agora sei porque é que algumas tristezas foram necessárias: elas ensinaram-me a dar valor ao sorriso que hoje tenho.

2 comentários:

ombemua disse...

Tu és tão linda!
*****

Rita disse...

oinnn.. assim fico sem jeito! :)
beijo grande, minha querida!