27.5.12

As maravilhas da bicicleta.

Deixaram o meu homem num estado moribundo. Aterrou na cama depois do almoço, com um escaldão na cara e dores, muitas dores, no corpinho todo. Escusado será dizer que não andava assim 20 e tal quilómetros de bicicleta à milhares de anos.. e o estado vegetativo - e doloroso! - apoderou-se dele. Não temos outro remédio senão deixar para amanhã o Alentejo. Não tenho outro remédio senão aguentar-me à bomboca.

Sem comentários: