27.4.12

andamos tentados a mudar.

Mudar de casa, quiçá de cidade. Vontade não nos falta, falta-nos o resto. As oportunidades, o lugar-seguro, a estabilidade [ou lá como se chama a efémera certeza de que está tudo como deve de estar]. Andamos cansados disto, de um quadro que não tem horizonte pintado, sem grandes perspectivas de daqui a cinco anos estarmos na mesma. E não estamos mal, mas não estamos seguramente confortáveis. Já não nos prendem coisas como os amigos de sempre, ou a tranquilidade, ou os dias de sol. As nossas razões já se prendem com um futuro que queremos ver mais risonho e que não sabemos como torná-lo possível. A ser concretizado a médio-prazo, não sei como vou conseguir deixar o meu Algarve e rumar a outras paragens. Mas que é um mal necessário, é.

3 comentários:

ombemua disse...

As vezes e necessário mudanças assim!
E quem te diz que não será bem melhor?!
Eu só desejo tudo de bom querida.
Quero em Agosto conhecer-te pode ser?

Beijoca

Rita disse...

E há necessidade de tal pergunta, minha querida? É claro que sim! E se Deus quiser, conheces o Manuel e o resto da familia tb!!
Beijo!!

pmaionese disse...

Linda, fazes aquilo que tens de fazer para seres (serem) feliz(es), foi o que eu fiz, e bem que me custou deixar o "meu" Algarve. E custou-me mais ainda pelos amigos (e neste caso são mesmo vocês).