20.10.11

Para quem acha que a minha vida é um conto de fadas: screw you!

Com uma família disfuncional, andei de 'braços em braços' caridosos que me aturassem (vulgo avós e ama), sempre com o estigma da comparação com os filhos queridos dos outros, com relações completamente desastrosas e tortuosas (a culpa do menino se ter metido na droga foi minha), num curso que me valeu a treta de emprego que tenho hoje; depois de ter descoberto os dotes teatrais do meu pai e as fraquezas da minha mãe, de não ter alguém do meu sangue com quem partilhar estes dramas; depois de ter pago o preço de uma vida que não era real nem tão pouco minha e ter vendido a alma ao demo pelos pecados dos outros.. se ao menos, depois disto, não tivesse tido sorte no amor e encontrado o meu porto de abrigo, era uma falhada total. e já me tinha suicidado.

8 comentários:

S* disse...

Tu podes construir a tua própria felicidade, mesmo que a família não seja a melhor. também tive os meus azares, mas há que focar no que é importante: quem nos ama.

ombemua disse...

Nota-se no que escreves que tens muito amor na tua casa!
Que tens um marido e uma filha cheios de amor por ti e isso faz-te feliz!
Por isso tenta esquecer o passado e vive o presente querida.

Baci*

Turista disse...

Querida Rita, o mais importante é o presente! Muita força, menina de garra. :)

abspinola disse...

Podemos não ter sido criadas com o conceito de familia PERFEITA, e de certeza que dentro da tua casa a harmonia e felicidade estão presente para o tua filha e marido.

Bjstos

mary disse...

depois de tanta coisa má a vida havia de ter alguma coisa boa guardada para ti... o importante agora é viveres a vida que nunca tiveste e dares à tua pequena tudo aquilo que não te deram a ti. começando no amor e acabando no amor!

Rita disse...

:)

Obrigada meninas! Na realidade, este post era só um desabafo porque, infelizmente, volta e meia, as pessoas acham que o meu 'núcleo' vive como se tivesse saído de um conto da disney.. como sei que a maioria das pessoas que não interessam nada não lê, ou pura e simplesmente, desconhece este canto, é mais fácil desabafar aqui.. é só.. :|

mari disse...

eu tenho um núcleo familiar perfeito e uma vida sentimental que é uma caca ... :S

Rita disse...

mari.. nem tudo é perfeito, bem sabemos. mas um dia encontramos o equilibrio. com a familia (à excepção do senhor pai) vou-me entendendo e tem dias; no amor tudo se constrói aos poucos.. :)