6.5.11

Obrigada pelas flores!


A minha querida amiga Mãeee que para além de ser uma gaja porreira é uma mãos largas, em dias de crise, consegue oferecer flores a um porradão de gente. Eu, embevecida, fui uma das contempladas.
Tal como ela, também vou aldrabar um pouco as regras disto e, em vez de seleccionar uma mão cheia de pessoas, vou simplesmente oferecê-las a quem as quiser levar consigo. Portanto, hoje há flores para toda a gente. E de graça! Porque os meus leitores merecem.

Sem comentários: