8.7.09

Pelos, pelinhos e pelame

Deve ser um dos temas que mais me irrita ler por esses blogs afora.. a questão dos pelos e sua depilação. Não por causa das descrições que às vezes leio, nem pela forma como se escreve a aventura, mas por causa da localização e do método aplicado. Eu explico melhor..
Quando leio que as meninas vão à depilação, tiram a cuequinha, abrem (ou escancaram) a perninha e vamos-embora-manel.. que soltam umas bojardas enquanto lhes arrancam os pelos com bandas de cera quente, vai virilha, vai maria joaquina toda, vai depilação brasileira, vai tudo.. e eu até fico verde!
Sim.. fico verde. Eu, aqui me confesso, não sou capaz. Cera nas pernas, meia-perna ou perna inteira, ainda é como a outra.. mas ali na sim senhora e zonas limitrofes, vai tudo a poder de gilette, que é uma papa. Descansem, não vou morrer estúpida. A primeira depilação com cera às virilhas deu-me uma alergia desgraçada, andei quase 1 mês sem poder ir à praia por causa da irritação na pele. A segunda, deixou-me em carne viva, com um andar novo e completamente traumatizada para o futuro.
Tou-me completamente borrifando se os pêlos ficam mais fortes, se passado 2 dias tenho de voltar a fazê-la, se arranham e picam ao crescer.. tou-me marimbando para isso. Cera quente aqui é que não. Isso não.
Por isso fico verde (talvez por um bocadinho de inveja) ao ler que as meninas vão todas airosas à depilação, largar o pelame todo das virilhas, quando eu tenho outras belas maneiras de largar dinheiro sem ser para sofrer horrores. Mas isso sou eu.

1 comentário:

mãeee disse...

Ai que nunca pensei ler um post sobre este tema ... e concordar ... sim, andam por aí umas descrições bem ... medo, muito medo ...
Também ando adepta do método vitamina G, mas confesso que, o que queria mesmo era mandar estes srs. pelinhos irem passear sem volta!

p.s. adorei conhecer o teu blog. Estou in love ...