Avançar para o conteúdo principal

o MR Genial!

19 Março 2009 - Lisboa - Campo Pequeno

Chegámos ao parque de estacionamento ainda não eram seis da tarde. O P. e o C. com a galhofa do costume: ele é rabeta, viemos ver o «Jason de São Braz», concerto de maricas, isto é só pra moças pequenas, viemos fazer de babysitters?!?

Risos, galhofa, boa-disposição, o lanchinho no simpático centro comercial do Campo Pequeno. Eles continuavam no ataque ao coitado do artista. Nós, as gajas, riamos e olhávamos uma prá outra em sinal de consentimento: «Coitados, não sabem o que dizem.. não podem vir à capital.. e as montanheiras somos nós!!»


19h30 entramos na sala. Nunca tinha estado no Campo Pequeno. Fiquei abismada. Por fora parece pequeno, ou será que parece maior? «Ta-ta-ra-ráaaa... ÓLÉ!» portas de camarotes pequenas, pra rabetas como o «jason de são braz» [estes gajos estão impossíveis.. não podem sair de casa!]

Na plateia vamos ficando rodeados de todo o estilo de pessoas.. tias, tios, betos, altos, magros, camones, cotas, pitas, graúdas. Havia sol lá dentro.. tanta gente de chapéu, senhores. Pegou moda!!

O C. e o P. sofrem de incontinência. De 10 em 10 minutos têm de fazer a fila toda saltar dos lugares. Têm xixi, querem beber.. : Já desesperamos porque nunca mais começa.. «Tóni, Tóni, Tóni.. ah não viemos ver o Tóni?» [este C. é uma paródia]


1ª banda.. é.. foi boazinha.. vá, vão-se lá embora que queremos ouvir o Mraz. 2ª banda.. atão??? quem raio és tu, rapariga? Até nem cantas mal, mas um pouco paradinha.. va lá que deste de fuga ao fim da 4ª música, que a malta quer mesmo ver o Mraz. Eu e a A. já riamos que nem umas perdidas, que o que nos saía da boca não pode ser aqui reproduzido!!

E eis que lá vem o artista. Campo Pequeno em apoteose. Nós também. O P. e o C. calados [deve ser algum tipo de reacção!].. e como que por magia, fez mesmo sol no Campo Pequeno. Jason Mraz é o artista. Não consigo descrever por palavras o que senti, vi e ouvi.. foi o melhor concerto que já assisti.

«Mr Curiosity» levou-me até ao céu.. «Bella Luna» emocionou-me.. e «Lucky» arrepiou-me a alma! Ao fim de 20 minutos o P. e o C. estavam rendidos.

Valeu o dinheiro, valeu a pena, valeu sim senhor.. :)

Quando chegámos ao algarve, às 4h30 da manhã, ainda considerámos ir até ao Porto para vê-lo outra vez. valia o esforço. Se valia.

Se alguém pensava que Jason Mraz é só 'I'm Yours', ficou completamente provado que não é. Jason Mraz é um senhor que nasceu para cantar. E bem.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A boa filha à casa torna..

... mesmo que depois de um interregno de quase 3 anos.
Podia contar a história daquela que foi ali comprar tabaco e nunca mais apareceu. Poupo-vos o melodrama. No meu caso, é mais a história daquela a quem a vida se voltou de pernas para o ar, que sem saber como nem porquê, vim parar ao médio oriente e já por aqui ando há quase dois anos. 
Nos entretantos, traí o blogger com o Wordpress. Relações modernas. Nada de mais. É que lá estava mais à vontade para falar da vida de emigrante. Mas, não há amor como o primeiro [dizem], bateu uma saudade imensa. Vim aqui de soslaio, só naquela de ver se ainda sentia a química. Nem de propósito ser o primeiro dia do ano e, tal e qual uma ressacada, não resisti em reacender a chama.
Se é para toda a vida, até que a morte nos separe? Não sei. Talvez. Quem sabe. Até agora estamos a ganhar ao José Carlos Pereira e à Liliana Aguiar no junta-separa.

Achei que o corte de cabelo da Letizia merecia o meu regresso..

Se isto não é um exemplo de modernidade, não sei o que lhe chamar. A rapariga não é só a rainha de Espanha, é uma mulher moderna. E como mulher moderna que se preze, cuida da sua imagem. E só por esse gesto de corte com o tradicional e o correcto, só posso aplaudir a atitude. Já não posso dizer o mesmo da magreza. Num momento em que se apela ao fim da magreza extrema como sinónimo de beleza, num momento em que se defende um corpo saudável, ela aparece com as costas a descoberto.. e não consigo pensar em nada de positivo nesta imagem.

O bolo de côco que parece uma nuvem!

É que este vai já ser feito, nem vou esperar por dias melhores. Mesmo sem vontade nenhuma de ir pegar na batedeira, vou fazer-me à vida, porque este amigo está a fazer-me salivar, tal e qual os cães de Pavlov. Pronto, é desta que a manutenção das linhas redondas do abdómen se mantêm. Estou desgraçada..


a receita deste tentação hiper-calórica está aqui.