27.8.08

«Má Sorte»

Voltarei se entender que o sentimento emana.
Só não sei, se como antes, minh'alma se inflama.
Meu divã, meu amanhã.. aguardo já,
o que é da sorte ou do azar..
Se o teu brilhar, me iluminar,
Brando, lento, devagar
Voa solto e alto
Para o infinito e nada te alcançar.
Rumo ao vento, rumo ao mar,
O destino salto,
Tudo pra sorrir e nada pra chorar.

Voltarei sempre que quiseres chamar por mim.
Já não sei se a história irá ter um fim.
Meu divã, meu amanhã.. aguardo já,
o que é da sorte ou do azar..
Se o teu brilhar, me iluminar,
Brando, lento, devagar
Voa solto e alto
Para o infinito e nada te alcançar.
Rumo ao vento, rumo ao mar,
O destino salto,
Tudo pra sorrir e nada pra chorar.

Per7ume

22.8.08

Simples pessoas.

Há pessoas que passam pelas nossas vidas para nos indicar um caminho. São pessoas especiais, que raramente nos saem da memória. Por mais que tentemos perguntar ao destino o porquê, nunca saberemos responder porque aconteceu e para quê.. simplesmente estiveram presentes e mostraram-nos o caminho certo a seguir. E isso é muito gratificante.

6.8.08

Como o vinho do Porto..



.. quanto mais velhos melhor! :)